terça-feira, 28 de dezembro de 2010

PERFUMES

1

cheiros cheios
de desejo
perfuram 
veios

Frederico Barbosa

2 comentários:

rose prado disse...

Só pra ser chata e dizer que não gosto de Frederico Barbosa e esses poemas que viram um objeto. Prefiro um perfume mesmo.

RAA disse...

Ahahah! Também gosto de perfumes, mas nenhum vale um bom poema.