sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

                                                             Invadiu-me uma sensação de calma,
                                                            de tristeza e de fim.
                                                            VIRGINA WOOLF

Ao teu lado, mudo.
Suponho que pousei a mão
No teu ombro, não sei,
Ausentes ambos,
Tu do ombro, eu da mão.
Lá fora, não muito longe
Do vidro, a manhã passa
E é calma, tristeza, fim.

Nuno Rocha Morais

2 comentários:

alice disse...

tudo tão belo que é quase trágico...

RAA disse...

É verdade, Alice.