segunda-feira, 30 de maio de 2011

NARCISO

a água cala
e lisa pára o múltiplo reflexo
por segundos
abre um sono de prata
em pedra e gota
a imagem se esquece
na pétala que decepa
olho por olho

Angela de Campos

2 comentários: