terça-feira, 17 de maio de 2011

ADUBO

O talento dos autores que estudamos é uma espécie de adubo que nos faz medrar. A nossa pequena notoriedade ganha-se à sua custa.

2 comentários:

rose prado disse...

Mas nada tem importância de fato, nem os autores, nem nós mesmos. Porque o infinito existe.

RAA disse...

Ah, lá isso!...